sexta-feira, 5 de novembro de 2010


Que eu sinta, mas que você sinta junto comigo. E se for pra nós dois acabarmos que seja depois de realizarmos todos os planos, promessas ... não quero ficar devendo nada pra você. E se for pra você me fazer chorar, que seja de tanto rir, que seja de cocegas. E se você quiser ficar bravo, emburrado comigo, vai poder ficar, mas que depois tudo se resolva com beijinhos, abraços e seu sorriso ... é o seu sorriso, esse mesmo que eu sou apaixonada e viciada.