segunda-feira, 2 de agosto de 2010




Ser metade de alguma coisa nunca foi minha preferência, e muito menos ser metade de mim mesma. Então eu peço pra que você me devolva essa metade de mim que está com você. Entenda que eu preciso ficar inteira, preciso que as coisas voltem ao normal dentro de mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário