sábado, 15 de maio de 2010


E talvez já estivesse escrito assim, você ia me achar no meio do nada e ia me manter em pé, não consigo achar outra explicação. Você chegou e me fez sentir milhares de sentimentos de uma vez, que eu cheguei a duvidar, e pensei em como não me envolver, mas tudo em você me puxava pra perto, e hoje eu não consigo me arrepender de nada, de nenhuma palavra dita elas foram e sempre vão ser verdadeiras. E hoje eu preciso e quero você por perto, pra cuidar de mim e deixar eu cuidar de você. E se estamos longe demais, só pensa em tudo que eu sou capaz pra te ver sorrir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário