quinta-feira, 29 de abril de 2010


Há quem diga que a distância atrapalha, e que por causa dela o amor não existe. Mas é pela distância que os beijos começam a ser sonhados e os abraços tão desejados. Os encontros se tornam desejos. O coração passa a ser um só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário